Bilionários e canais de comunicação: Por que o Elon Musk quis comprar o Twitter?

O assunto de hoje é sobre uma personalidade muito conhecida por todos nós: Elon Musk e sua vontade de comprar o Twitter. A gente vai tentar desvendar as motivações e as consequências de uma transação tão crítica quanto essa. Neste episódio de Growthaholics, Pedro Waengertner conversa com Alexandre Meneghesso, Analista de M&A aqui na ACE, e Matheus Riga, Especialista de Conteúdo aqui na ACE também. Vem com a gente!

Entendendo a estratégia de negócios

O que empresários como Elon Musk, Jeff Bezos e Rupert Murdoch têm em comum? Claro, as contas bancárias deles têm mais de nove dígitos, mas não é exatamente essa a resposta. Esses bilionários possuem um outro ponto em comum: a paixão por veículos e canais de comunicação.

Se Bezos é dono do Washington Post, e Rupert Murdoch fundou a Fox News, não é de se estranhar que o homem mais rico do mundo quisesse um canal de comunicação para chamar de seu. Nas últimas semanas, inclusive, um dos assuntos mais comentados foi justamente o interesse de Elon Musk em comprar o Twitter em definitivo por US$ 44 bilhões.

Essa transação bilionária levantou muitas questões sobre liberdade de expressão, trazendo para debate a relação entre bilionários e os canais de comunicação. No episódio desta semana do Growthaholics, conversei com o Alexandre Meneghesso, Analista de M&A, e Matheus Riga, Especialista de Conteúdo, ambos da ACE, para debater sobre as motivações e consequências de uma potencial venda do Twitter para Musk.

Quer saber mais sobre essas empresas? Ouça o episódio completo!

Compartilhe este conteúdo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram