hubs de inovação

Hubs de inovação: necessidade ou moda corporativa?

Inovar em grandes empresas pode não ser muito simples. E para solucionar isso, muitas optam por criarem hubs de inovação. Mas como eles funcionam? Como e quando criar um? Neste episódio de Growthaholics, Pedro Waengertner conversa com João Henrique do Hub Turbo da Ipiranga, Istvan Camargo do Skyhub.bio do Sabin e Túlio Henrique Náthalli Antoniolli da ACE Cortex sobre os desafios da área e o melhor, com dicas de quem vive o assunto na pele. Ouça agora!

Ouça também >> Quais são os desafios de estruturar uma área de inovação? <<

Como funcionam hubs de inovação?

Hubs de inovação podem ser uma resposta para integrar as transformações entre as diferentes áreas quando tratamos do relacionamento com startups. As propostas podem ser melhor alinhadas e assim a estratégia fica mais definida e com maiores chances de sucesso. O intuito é melhor o negócio como um todo, seja criando novas oportunidades ou melhorando a experiência dos consumidores.

O importante é dizer que não existe regra. Cada empresa tem um hub de inovação alinhado a uma proposta  diferente. E isso não faz um melhor que o outro. O importante aqui é ter uma estratégia clara e que faz sentido ao mercado inserido.

Qual a diferença entre hub e área de inovação?

A área de inovação é uma área mais abrangente. Empresas montam este setor que será responsável por olhar para todas as iniciativas voltadas para inovação. Já hubs de inovação surgem quando a inovação ganha um papel mais principal, afinal estamos falando de uma área com maior autonomia.

O hub é uma organização mais enxuta que permite dar maior velocidade às iniciativas de inovação. Está mais presentes em empresas mais evoluídas no caminho da inovação. Entretanto, isso não significa que são trabalhos independentes. Apesar da independência, é preciso ter sinergia com as áreas da empresa. O ponto aqui não é centralizar a inovação, mas sim democratizar o processo.

Saiba mais ouvindo o episódio completo!

Compartilhe este conteúdo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram