Você batalhou, perseverou e entregou todos os resultados que a empresa precisava. Nada mais justo do que receber uma promoção, certo? Que tal comandar uma equipe e se iniciar na arte da liderança? Esse convite pode soar assustador e desafiador – e muitas vezes é assim mesmo -, mas podemos cortar caminho e evitar tanta ansiedade. Para que você comece já preparado para o seu primeiro cargo de liderança, Pedro Waengertner conversou com o Felipe Collins, CEO da Future Dojo, e a Alessandra Lima, Business Development and Innovation Executive da ACE, para falar sobre os erros capitais de um líder de primeira viagem. São dicas, histórias e muitos insights para que você entre preparadíssimo para esse novo desafio. Ouça mais!

Um guia para o líder de primeira viagem

Errar ao assumir um cargo de liderança pela primeira vez é totalmente esperado. Entender como funciona essa nova dinâmica depende de diversos fatores, e quase todos só serão explorados de verdade na prática. Mas é possível evitar algumas pedras no meio do caminho compartilhando a experiência com outros líderes que já falharam antes de você. Quais são os piores erros que se pode cometer?

Uma prática comum e muito nociva ao assumir a liderança é montar um exército de clones. Ao montar uma equipe, o lugar comum e confortável é permanecer perto do que já é conhecido e ignorar as individualidades de cada um, consequentemente prejudicando as maneiras como os liderados interagem com seus trabalhos. Respeitar momentos, modos de trabalho, ritmos e experiências de vida diferentes é essencial para descobrir como extrair o melhor de cada pessoa ali presente. A gestão de expectativa é parte crucial dessa interação: o que o liderado espera de você e o que você espera dele.

Outro erro comum é não ouvir com atenção. É importante escutar a própria voz e, principalmente, a voz dos outros. O feedback não é uma verdade absoluta, mas é a percepção de alguém sobre algo que você fez. Filtrar e repassar essa informação é um papel crucial de quem se encontra nessa liderança, conseguindo, assim, guiar quem precisa colocar a mão na massa.

Quer saber mais sobre o assunto? Ouça o episódio completo!