RH Ágil

O que é RH Ágil? E o que isso tem a ver com o bem-estar de pessoas e negócios?

Muito se fala sobre metodologias ágeis usadas, principalmente, por grandes empresas de tecnologia e startups. Não faltam cases de sucesso para justificar como a empresa X chegou ao resultado Y e o que aprendeu no meio do caminho. Identificando o que boa parte dos projetos bem-sucedidos têm em comum, percebemos que esses times otimizam o tempo gasto no processo de desenvolvimento de produtos, ampliam a captação de dados e aprendizados e promovem uma cultura de colaboração.

O que muitas pessoas chamam de gestão ágil nada mais é do que uma maneira diferente de enxergar e se relacionar com as pessoas na organização. Além de ampliar a autonomia dos colaboradores, essa abordagem permite tomar decisões de forma rápida em um ciclo de construção, aprendizado e avaliação constantes.

Apresentando o RH Ágil

Ok, mais ou menos por aqui você deve estar se perguntando: “o que os Recursos Humanos tem a ver com isso tudo”? À medida que os processos ágeis se expandem para as mais diversas áreas das companhias, há ainda pouco contato com os times que cuidam das pessoas.

O desafio está em duas frentes: como integrar os times do departamento pessoal aos outros times como suporte para que eles desenvolvam produtos e, claro, como ampliar a agilidade do próprio time de pessoas. E é mais ou menos aqui que dois mundos diferentes colidem: de um lado, ciclos curtos, reflexão e correção de rotas constantes (desenvolvimento ágil); de outro, uma cultura que normalmente trabalha com um ciclo de planejamento trimestral ou até mesmo anual.

O que é que eu vou fazer com essa tal agilidade?

Aqui, o RH ágil se torna uma ferramenta tanto para o bem-estar dos negócios quanto dos funcionários. Afinal de contas, toda empresa vai te falar que seu diferencial “está nas pessoas”, o famoso capital humano. Com as metodologias e líderes certos, dá para colocar esse clichê para funcionar na prática.

Quer tornar a sua empresa mais ágil? Saiba mais no episódio 49 de Growthaholics:

RH e bem-estar

Uma cultura ágil incentiva a colaboração, o cliente no centro do planejamento, e uma cultura organizacional baseada no trabalho em equipe e em melhorias constantes. Para chegar nesse ponto, é importante ter um ambiente no qual as pessoas se sintam confortáveis para errar e aprender.

Um ponto sempre bastante buscado para aperfeiçoamento é o controle da agenda, por exemplo. Como ter tempo para fazer o que você quer, priorizar o mais importante e se manter equilibrado? Uma boa dica de por onde começar é dada pela Head de People da ACE, Maria Julia Paz: “Ter um líder que te impulsiona a fazer atividades extras é importante. O contexto social que vivemos influencia fortemente nossas ações”.

Para os líderes, resumimos algumas algumas atitudes que precisam ser pregadas na cultura de empresas ágeis preocupadas com o bem-estar de seus colaboradores.

  • Comunique-se mais do que você acha que precisa.
  • Ofereça flexibilidade e seja inclusivo;
  • Modele comportamentos saudáveis;
  • Crie uma cultura de conexão por meio de check-ins;
  • Seja vulnerável;
  • Dê ao time permissão para errar.

 

A relação agilidade x RH pode ajudar empresas a impulsionarem seus negócios com a flexibilidade tão necessária para a inovação. Ou se tornar mais um empecilho para o futuro. Para saber sobre mais oportunidades nessa relação entre bem-estar e corporações — incluindo alguns cases interessantes de healthtechs, baixe o GrowthInsights gratuitamente.

Download Report Healthtechs

Compartilhe este conteúdo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram