Squads

Squads Corporativos: liderança e engajamento à distância

O home office é um desafio que startups já superaram há muito tempo. A fim de conter gastos e acessar recursos do mundo todo, esse tipo de empresa possui uma série de ferramentas e métodos que transformaram o Home Office em Office. Na ACE, aplicamos essas técnicas também em nossos Squads Corporativos, assim garantimos o funcionamento dos times mesmo à distância, e conseguimos manter as equipes engajadas e com entregas de alto valor. Inclusive, squad as a service sé uma tendência atual, configurando inclusive como produtos de startups, como a BossaBox.

Por isso, trabalhamos sempre três grandes pilares:

  1. Comunicação e engajamento;
  2. Gerenciamento e checkpoints; 
  3. Senso de comunidade

Inovação na Prática: saiba como começar a inovar na sua empresa

Caso você queira entender mais sobre como a Transformação Digital em curso no mundo todo alterou o comportamento das pessoas, baixe nosso report exclusivo de RH sobre tendências e desafios. Você terá acesso à ferramentas essenciais que ajudam esse departamento, como feedback 360°, automação do recrutamento e gerenciamento de metas.

Baixe agora o Report de RH

Comunicação e engajamento

A comunicação deve sempre ser clara, transparente e acima de tudo conectada. Por meio do Slack, criamos e compartilhamos vídeos, checagens rápidas, notícias e todo tipo de comunicação que impacte positivamente as pessoas, organizadas em grupos ou projetos. 

A comunicação é nossa arma mais poderosa para gestão dos squads, é ela que nos permite construir uma imagem interna e externa de cada projeto. Quando as pessoas se sentem a vontade para se comunicar abertamente, a produtividade e integração entre os membros melhora significativamente. Assim, ter um canal profissional, direto e aberto é essencial para iniciar a gestão à distância.

O segundo ponto é manter esse membro engajado. Cada squad possui um objetivo e uma entrega de valor – o que deve, inicialmente, manter a primeira onda de motivação. Para que tudo funcione, mesmo longe, é preciso acompanhar cada indivíduo separadamente. Mas como? Adotamos rotinas de 1:1 a cada sprint e/ou evento importante, garantindo que a ansiedade do time sobre a entrega seja controlada e as expectativas alinhadas. Dessa forma, o gestor tem uma visão macro do projeto, e pode propor novos rumos ou facilitar ações que resultarão em melhoria do trabalho em equipe.

Duas regras de ouro facilitam o alinhamento e comunicação do time:

Pessoas alinhadas com os nossos valores:

  • Ser o melhor do mundo no que faz;
  • Atitude empreendedora;
  • Ser data first e Pareto lover;
  • Ser dono do próprio caminho;
  • Criar um ambiente de hospitalidade e diversão;
  • Ser franco em qualquer situação.

Livre-se de rótulos:

  • Um time diverso é regra vital na ACE. Cada pessoa é de um jeito, e um bom gestor precisa saber separar e lidar com as diferenças entre cada membro;
  • Gestão horizontal. Assim, os líderes deixam de exercer poder sobre as pessoas e se tornam referências nos temas que dominam;
  • Todos possuem a liberdade para melhorar o processo.

 

Quando se está bem alimentado de informações e alinhado com os objetivos, a liderança independe da proximidade entre os indivíduos, já que muitos líderes podem estar na mesma sala que seus liderados, mas podem não exercer poder nenhum sobre eles. O líder se torna, nesse caso, apenas um motor de motivação e direcionamento para os times.

Gerenciamento e checkpoints

Trabalhar com agile é essencial para gerenciar e entender a performance dos nossos times em Home Office. As rotinas do framework por si só já criam formas para que os membros trabalhem de forma individual, mas que também tenham momentos coletivos. Todos os nossos squads seguem o Scrum, realizando diariamente suas reuniões diárias e a cada sprint uma reunião de feedback e outra de planejamento.

Como aplicar metodologias ágeis à sua corporação?

Inovação Corporativa: Como implementar na sua empresa?

Rotinas dos squads:

Reunião de planejamento: O trabalho a ser realizado na sprint é planejado nessa reunião. Este plano é criado com o trabalho colaborativo de todo o time e deve ter como objetivo:

  • Estabelecer as tarefas de cada membro;
  • Determinar os pesos de cada tarefa;
  • Definir a data de entrega de cada tarefa; e
  • Entender qual é a definição de entregue de cada tarefa.

 

Metodologias ágeis: como elas podem transformar sua empresa?

Reunião diária: É uma video chamada de 15 minutos, para o que o time possa sincronizar as atividades e criar um plano para as próximas 24 horas. Durante essa reunião cada membro responde três perguntas:

  • O que eu fiz ontem que ajudou o time atender a meta da sprint?
  • O que eu farei hoje para ajudar o time atender a meta da sprint?
  • Eu vejo algum obstáculo que impeça a mim ou o time no atendimento da meta da sprint?

Reunião de feedback: Reunião de alinhamento sobre o as entregas feitas na sprint e também sobre o desempenho individual de cada membro.

  • Verificar o que foi feito e o que não foi feito;
  • Inspecionar como a última sprint foi em relação às pessoas, aos relacionamentos, aos processos e às ferramentas; e
  • Identificar e ordenar os principais itens que foram bem e as potenciais melhorias.

 

Na ACE, usamos o Trello como ferramenta para medir o avanço da sprint. Dessa forma, as equipes podem fazer seus horários e cumprir suas tarefas de acordo com o cronograma. Além disso, ajuda na transparência do time e evita percepções falhas sobre a entrega de colegas de trabalho. Como são definidos em conjunto o peso de cada tarefa e a responsabilidade, a cobrança sobre a entrega fica sob responsabilidade de cada membro e não do squads.

A importância do acompanhamento dentro do squad

Além desse trabalho interno, o líder fazer checkpoints semanais por vídeo chamada para acompanhar a evolução do time e do produto. O objetivo é verificar travas no processo e falhas de alinhamento, o líder também verifica se as tarefas foram medidas corretamente quanto ao seu peso e pode fazer ajustes de direcionamento.

Como melhorar a Jornada Digital do seu cliente?

O que indicamos aos squads remotos é:

  1. Priorizar tarefas e começar o dia trabalhando nas mais difíceis. Isso ajuda a diminuir a ansiedade.
  2. Crie rotinas. Ter hora certa para as atividades ajuda no desempenho das tarefas e consome menos energia mental.
  3. Não faça multitasking. Se você tem 3 coisas para fazer durante o dia e foca em realizar uma uma única vez, o gasto de energia será menor do que fazer metade de cada coisa e alternar. No primeiro caso, o número de trocas será de 2, enquanto que no segundo serão 5; então se a troca gasta energia, no segundo caso estamos consumindo mais recursos mentais.
  4. Video chamadas com as câmeras ligadas. Isso permite mais proximidade entre o time e faz com que o mesmo foque na reunião e não se distraia ao longo da reunião. 

Se ficou alguma dúvida ou questão, você pode falar com um de nossos especialistas, e teremos o maior prazer em poder te ajudar!

 

consultoria de inovação

Compartilhe este conteúdo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram